Planalto mente para defender Michelle

Ouça esta matéria, enquanto estiver em trânsito ou fazendo outra coisa!

Escândalo Michelle Bolsonaro, Damares Alves, indicação a Ministro do Supremo…

Tentando justificar o desvio de uma doação da Marfrig, feita em março para atender a pedido do então ministro da Saúde, Mandetta, para ajudar governo a comprar 100 mil testes de covid-19, para o Programa Pátria Voluntária, presidido pela primeira-dama, Michelle Bolsonaro, a Secretaria de Comunicação da Presidência da República, afirmou em nota oficial que o Ministério da Saúde dispensou a doação por não ser mais preciso testar a população, A tentativa de justificativa é mentirosa, pois é pública e notória a baixa testagem, uma das mais fortes deficiências do governo no combate ao contágio do novo coronavírus. Uma das ONGs beneficiadas pela doação atuou contra o aborto da menina de dez anos, que ficou grávida após ser estuprada por um tio. A encarregada da ONG, Mariângela Consoli, informou que não pediu o dinheiro e não sabe quem a indicou para receber o benefício.
Direto ao assunto. Inté.
E só a verdade nos salvará.

José Nêumanne Pinto

%d blogueiros gostam disto: