Pastor Milton Ribeiro é o novo Ministro da Educação

Ouça esta matéria, enquanto estiver em trânsito ou fazendo outra coisa!

Depois do grande fiasco, na nomeação do último ministro, foi publicada, em edição extra do Diário Oficial da União a escolha do pastor Milton Ribeiro, que será o quarto ministro do MEC em um ano e meio de “dança das cadeiras” naquela pasta.

Bolsonaro nomeou o pastor da Igreja Presbiteriana Milton Ribeiro como o novo titular do Ministério da Educação (MEC). Ligado à Universidade Mackenzie, ele é doutorado em Educação. A nomeação foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

A indicação de Milton Ribeiro foi anunciada pelo presidente pelo seu perfil no Facebook.

“Indiquei o Professor Milton Ribeiro para ser o titular do Ministério da Educação”, escreveu. O presidente afirmou ainda que o pastor é “doutor em Educação pela USP, mestre em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e graduado em Direito e Teologia”.

“Sei da responsabilidade da missão. A educação transforma vidas; transforma uma nação. É hora de um verdadeiro pacto nacional pela qualidade da educação em todos os níveis. Precisamos de todos: da classe política, academia, estudantes, suas famílias e da sociedade em geral. Esse ideal deve nos unir”, escreveu Ribeiro no Twitter.

O evangélico é membro da Comissão de Ética da Presidência, mandato que terá de abrir mão para assumir a cadeira no MEC.

Reverendo na Igreja Presbiteriana de Santos, litoral de São Paulo, o que foi considerado como um aceno ao grupo de evangélicos e à ala ideológica do governo, que cobravam um nome conservador para dirigir o MEC.

O novo ministro não tem experiência administrativa na érea e enfrentará a “rede olavista” que sempre busca dominar a pasta.

O desafio é grande, diante do tamanho de problemas e realizações que deverão ser implantadas, levando-se em consideração a atuação da pasta em todas escolas do país, o desafio, também, da educação à distância que deverá ser muito bem administrada, além da interferência ideológica, desde o presidente até aqueles que lotam aquele ministério.

O foco maior do governo, deverá ser o ensino fundamental.

da Redação OEB

%d blogueiros gostam disto: