Guilherme Boulos com Covid-19

Ouça todas as matérias deste portal, seja em trânsito ou em outra ocupação.

Candidato do PSOL à prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos, é diagnosticado com Covid-19 e TV Globo cancela o último debate.

Guilherme Boulos

Comunicado da Campanha do PSOL

“Diante do resultado positivo, Guilherme Boulos irá cumprir o protocolo de quarentena pelo período necessário. Toda a equipe que trabalha na campanha e que tem contato próximo com o candidato será testado a partir de agora”.

Boulos disse que resolveu fazer o exame da covid-19 após saber do diagnóstico positivo da deputada Sâmia Bomfim (PSOL-SP) no início da semana.

“Como estávamos juntos dois dias antes, em um evento de campanha, resolvi testar também.” 

O candidato esteve com a deputada na sexta-feira, 20 – ela foi dianosticada na segunda-feira, 23.

Segundo a assessoria de Boulos, ele não vai votar no domingo e uma sugestão foi encaminhada à TV Globo para que o debate desta sexta-feira, 27, seja feito de forma virtual. Nas redes sociais, Boulos confirmou sugeriu que o debate seja feito de maneira remota.  

“Vamos propor para a emissora que o debate possa acontecer de forma virtual. Eu aqui na minha casa, Bruno Covas na casa dele e Cesar Tralli no estúdio. Eu sei que todo mundo quer e espera esse debate.” No entanto, o jornalista Cesar Tralli, da TV Globo, que mediaria o debate desta noite, afirmou que o encontro foi cancelado. 

Embora recluso, devido a contaminação, Boulos continua em campanha, combatendo seus opositores, inclusive mídias claramente contrárias à sua disputa.
E mais!
Boulos disse ainda estar preocupado com a possibilidade de uma segunda onda da covid-19 e acusou os governos estadual e municipal de negligência. “O candidato reforça a preocupação que tem afirmado nos últimos dias sobre os indícios de uma segunda onda da pandemia, até aqui negligenciada pelos governos estadual e municipal, responsáveis pela aplicação das medidas”, diz o texto de uma nota do candidato.

Em resposta a nota de Boulos, seu oponente, Bruno Covas, lhe desejou pronta recuperação.

Neste domingo, 29, as urnas decidirão quem será o prefeito da maior cidade brasileira. São Paulo se agita, diante da preparação para o pleito.

Da Redação O Estado Brasileiro

%d blogueiros gostam disto: