nov 21

Futuro Ministro de Temer recebeu 450.000 de bicheiro

As “boas” escolhas de Temer preocupam, cada vez mais, a Nação.

O “menino de ouro” encontra dificuldades em se explicar, ou mesmo de desvincular sua forte ligação com o bicheiro Carlinhos Cachoeira.

Além de uma relação pública e sem a menor chance de ser descartada, inclui a reação do bicheiro ao se referir ao futuro ministro das cidades Alexandre Baldy com elogios fora do normal.

Desde a investigação da CPI em 2012 sobre o bicheiro, esse envolvimento é muito forte.

Alexandre Baldy – o escolhido de Temer

A empresa do irmão de Cachoeira, JC Distribuidora de Medicamentos, doou 450.000 reais à campanha do deputado futuro ministro na pasta das cidades. Logo a JC, uma velha conhecida das autoridades que, segundo “O Globo”, foi investigada pela Receita Federal por estranhas movimentações de 66,8 milhões de reais em dois anos.

Este fato apenas torna Temer cada vez mais decadente na opinião pública, de quem se esperava reações que viessem melhorar, senão sanar o Planalto dos escândalos e má reputação. Contrário a isso, o atual presidente se mostra, cada vez mais, conivente com a desconstrução da imagem do Executivo que, um dia, já foi boa e confiável.

Resta ao povo, apenas saudades daqueles bons tempos em que éramos felizes e não sabíamos.

da Redação OEB

%d blogueiros gostam disto: