Diante de alta da covid-19, OMS apela à Europa para aumentar controle

Ouça esta matéria, enquanto estiver em trânsito ou fazendo outra coisa!

Medidas rígidas podem salvar centenas de milhares de vidas, diz OMS

Impor controles mais rígidos para frear a disseminação da covid-19 pode salvar centenas de milhares de vidas em toda a Europa antes de fevereiro, agora que o continente enfrenta aumento exponencial de infecções, disse a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta quinta-feira (15).

Em um apelo aos governos para “mostrarem serviço” rapidamente, a fim de conter uma segunda onda da pandemia do novo coronavírus, o diretor da OMS para a Europa, Hans Kluge, disse que a situação atual é, “mais do que nunca, uma época pandêmica para a região”.

As infecções novas estão chegando a 100 mil por dia na região, que acaba de registrar a maior incidência semanal de casos de covid-19 desde o início da pandemia: quase 700 relatados.

“A disparada do outono e do inverno continua a se desenrolar na Europa, com aumentos exponenciais de casos diários e aumentos percentuais equivalentes de mortes diárias”, disse Kluge em entrevista coletiva virtual.

“É hora de mostrar serviço. A mensagem aos governos é: não se limitem a ações relativamente pequenas para evitar as ações dolorosas e prejudiciais que vimos na primeira rodada (de março e abril).”

Globalmente, há registros de mais de 38 milhões de pessoas infectadas com a covid-19, e 1,1 milhão morreram.

Kluge citou projeções do que descreveu como “modelos epidemiológicos confiáveis” e disse que eles “não são otimistas” para a região europeia.

Mas adotar medidas de contenção simples e rápidas agora – como obrigar o uso generalizado de máscaras e controlar as aglomerações em espaços públicos ou particulares – pode salvar até 281 mil vidas até fevereiro nos 53 países que compõem a região europeia da OMS, acrescentou.

Da Redação O Estado Brasileiro
Fonte: Agência Brasil – Reuters (Londres)

%d blogueiros gostam disto: