DescaradaMENTE

Enquanto os paraísos fiscais se recheiam com o suado dinheiro do povo brasileiro, o mesmo é ridicularizado na maior potência mundial com falácias a respeito da “ajuda de custo” do ex-milico e atual aspirante a reeleição presidencial dessa republiqueta.

TRINTA E TRÊS MILHÕES é o absurdo número de pessoas em extrema pobreza, numa nação assediada, internacionalmente, por suas riquezas naturais. Fome é uma palavra e uma realidade que não deveria existir por aqui.

Pessoas coerentes falaram muito em gestão no ano de 2018. Porém, por falta de educação, prevaleceu o câncer do populismo. E, como podemos perceber, só houve piora de lá para cá.

Falta de vacinas por negligência e negacionismo numa pandemia foi o início do retrocesso. Desvio de dinheiro público, queimadas nas nossas florestas, estupro de crianças, assassinatos e desaparecimentos de pessoas (especialmente indígenas), desemprego, desrespeito ao cidadão por abuso de poder… Enfim, um verdadeiro circo de horror liderado por um certo alguém, apelidado com nome de um palhaço.

O que será que será que anda na ideia dos eleitores?

Dirce Lima
Escritora e Colunista

%d blogueiros gostam disto: