abr 27

General entra com representação contra deputados que exaltaram Prestes, Marighela e Lamarca

Matéria exclusiva para O ESTADO BRASILEIRO

A reação não poderia ser outra!
Ficou, agora, registrado na Câmara dos Deputados, o repúdio que representa a vontade de tantos milhões de brasileiros cientes e intolerantes ao regime que nos tentaram impor.
A iniciativa do General Paulo Chagas é digna de menção e aplausos, por defender nossa soberania, nossa cultura e combater a inversão de valores imposta pela facção que tomou o poder.

Representação junto à Mesa Diretora da Câmara dos Deputados

Desde o histórico dia 17 de abril, deste ano, que a esquerda oportunista – derrotada, desmoralizada e desmascarada pela própria desonestidade e incompetência – vale-se de um dos seus vícios mais intrínsecos para tentar intimidar o Deputado Jair Bolsonaro pelo fato de ter, em contrapartida ao precedente aberto pelos Deputados Valmir Carlos da Assunção (PT/BA) e Glauber Braga (PSol/RJ), pronunciado seu voto a favor do impeachment da Sra Dilma Rousseff, citando o nome do Coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, tido pelos citados e seus camaradas como “torturador”, mas considerado, por grande parte da sociedade brasileira, na qual me incluo, como um herói da luta contra o terrorismo comunista que vitimou o Brasil nas décadas de 60 e 70.

Leia também:
O que exigir de Michel Temer? – Gen Paulo Chagas
Temer não vai interferir na Lava Jato e descarta nomes contrários à operação
A calúnia de sempre – Gen Augusto Heleno
General pede que Dilma dê explicações sobre atentado em 68
Temer & Forças Armadas – próximo Ministro da Defesa passará pela aprovação do Alto Comando

Coube à consciência e aos valores dos dois deputados comunistas, acima nominados, homenagear em seus votos – contrários à vontade do povo brasileiro, diga-se de passagem – conhecidos assassinos que, em nome da sua ideologia, envergonham a história da humanidade, como assim faz a maior parte dos “heróis” comunistas, responsáveis, segundo as estatísticas, por mais de 100 milhões de assassinatos.

Lembraram os nomes de Luiz Carlos Prestes, o líder comunista que, entre outros crimes, mandou assassinar a jovem Elza Fernandes (16 anos) por “crime de traição à causa”; Carlos Marighela que, entre outras “obras”, é o autor de um “mini-manual” que, até os dias de hoje, serve de base à ação criminosa e indiscriminada de terroristas ao redor do mundo; e Carlos Lamarca, o Capitão desertor e traidor que, entre outros assassinatos, matou a coronhadas o Ten PMSP Alberto Mendes Jr, sob a alegação de que leva-lo como prisioneiro poderia comprometer seu plano de evasão.

Esses e outros crimes cometidos pelos facínoras citados nos pronunciamentos dos deputados podem ser conhecidos em simples pesquisas na rede de computadores.

Diante do fato e da constatação de que a conduta relatada é inadmissível à sua condição de parlamentares, como cidadão brasileiro e no uso de meus direitos, representei, na data de hoje (27 de abril), contra eles junto à Mesa Diretora da Câmara dos Deputados, requerendo a apreciação dos fatos e o posterior encaminhamento ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar para que os infratores sejam punidos na forma da lei, a exemplo do que fizeram contra o Deputado Jair Bolsonaro, sem qualquer fundamento jurídico, alguns de seus camaradas.

 

Gen Bda Paulo Chagas
Presidente do Grupo Terrorismo Nunca mais – TERNUMA

4 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Parabenizo o Exmo Gen pela iniciativa. Temos que impor a nossa presença e descontentamento com a covardia sobre o companheiro Deputado Jair Bolsonaro que começa a desesperar os comunistóides brasileiros, após surgir como muito provável candidato à Presidência; já despertando grande preferência entre os eleitores brasileiros decepcionados e até revoltados com os desmandos dos impatrióticos governos petistas (pseudo-socialistas).

  2. Muito bom,ou param de atacar o Bolsonaro ou pagaremos com a mesma moeda

  3. Façam tb um Abaixo assinado. Farei todo questão de participar

  4. Sim estão certos se podem exaltar estes criminosos comunistas que nem são brasileiro porque nao podem festejar o nome de Ustra que limpou os comunas em 1964 quase todos.

%d blogueiros gostam disto: