«

»

Conserino e STF atiram simultaneamente no "desblindado" PT

dilma-e-lula1A situação do chefe do partido/facção PT se agrava. Agora é um denunciado, o que fecha o cerco a Dilma, em sua insana ameaça de nomeá-lo ministro. O que seria um imenso golpe na democracia e a faria cair muito mais rápido do que já está programado para seu desastroso destino.
A suspensão do Ministro da Justiça – outro “tiro no pé” dado pela presidente em queda – foi mais um duro golpe impetrado pelo STF no PT golpista.

dilma-fim1Com exceção do Ministro Marco Aurélio Mello, o STF – Supremo Tribunal Federal vota em maioria pela suspensão do ilegal novo Ministro da Justiça Wellington Cesar Lima. Ele ainda poderá exercer o cargo que lhe foi indevidamente conferido, desde que faça seu pedido de exoneração do MP.

O Ministro do STF Gilmar Mendes, em seu voto, também recomendou a “imediata exoneração” de todos os membros do MP que estejam exercendo cargo em outros Poderes. Segundo ministro, atualmente existem 22 promotores ou procuradores nomeados em órgãos do Executivo federal, estadual ou municipal. Gilmar Mendes foi o primeiro a votar no caso e antes de Gilmar Mendes, o advogado do PPS, autor da ação, argumentou que o exercício de cargo no Executivo por membro do MP leva a uma situação de “subordinação”. “É flagrante e desabridamente inconstitucional a acumulação, o exercício de função estranha à carreira”.

E Lula, finalmente, é denunciado

MP de São Paulo denuncia Lula por lavagem de dinheiro. O petista é acusado ainda de falsidade ideológica em processo que investiga propriedade de tríplex do Guarujá. Marisa Letícia e Lulinha também foram denunciados.

size_810_16_9_luiz-lulaO Ministério Público de São Paulo denunciou nesta quarta-feira o ex-presidente Lula pelos crimes de lavagem de dinheiro, na modalidade de ocultação de patrimônio, e falsidade ideológica. A denúncia foi apresentada nesta tarde pelo promotor Cássio Conserino, que comanda as investigações contra o petista. Outras quinze pessoas, incluindo a ex-primeira-dama Marisa Letícia e Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, um dos filhos do casal, também foram acusadas. Segundo o MP, Lula é o verdadeiro dono do tríplex no Guarujá (SP), reformado pela construtora OAS. Em entrevista a revista VEJA, em janeiro deste ano, Conserino já havia informado que havia indícios suficientes para apresentar denúncia contra o ex-presidente.

A denúncia contra o ex-presidente decorre da investigação de fraudes em negócios realizados pela Bancoop, cooperativa habitacional de bancários que deu calote em seus associados enquanto desviava recursos para os cofres do PT. A Bancoop quebrou em 2006 e deixou quase 3 000 famílias sem seus imóveis, enquanto viam, inermes, petistas estrelados receber seus apartamentos. Em abril do ano passado, VEJA revelou que, depois de um pedido feito por Lula ao então presidente da OAS, Léo Pinheiro, seu amigo do peito condenado a dezesseis anos de prisão no petrolão, a empreiteira assumiu a construção de vários prédios da cooperativa. O favor garantiu a conclusão das obras nos apartamentos de João Vaccari Neto, aquele mesmo que, até ser preso pela Operação Lava-Jato, comandou a própria Bancoop e a tesouraria do PT. A OAS assumiu também a reforma do tríplex de 297 metros quadrados no Edifício Solaris, de frente para o mar do Guarujá, pertencente ao ex-presidente Lula e a sua esposa, Marisa Letícia.

sergio-moroA OAS desempenhou ainda o papel de “laranja” de Lula, passando-se por dona do tríplex. A manobra foi cuidadosamente apurada pelos promotores do Ministério Público de São Paulo, que trabalham a apenas quinze minutos de carro da sede do Instituto Lula. Durante seis meses, eles se dedicaram a esquadrinhar a relação entre a OAS e o patrimônio imobiliário dos chefes petistas. Concluíram que o tríplex no Guarujá é a evidência material mais visível da rentável parceria de Lula com os empresários corruptores que hoje respondem por seus crimes diante do juiz Sergio Moro, que preside a Operação Lava-Jato. Os promotores ouviram testemunhas e obtiveram recibos e contratos que colocam o ex-presidente na posição de ter de explicar na Justiça as razões pelas quais tentou de todas as maneiras negar ser o dono do tríplex. Para os promotores, as negaças de Lula configuram o crime de lavagem de dinheiro.

Publicidade

Link permanente para este artigo: http://oestadobrasileiro.com.br/conserino-e-stf-atiram-simultaneamente-no-desblindado-pt/

//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js

Deixe uma resposta