Alexandre de Moraes – secretário da Segurança SP para o Ministério da Justiça

A aproximação PMDB – PSDB está gerando seus frutos, com a indicação do novo ministro da Justiça.
Um nome que poderá auxiliar a Lava Jato, já que o titular dessa pasta deverá indicar o novo diretor geral da Polícia Federal, instituição que foi minada, na tentativa petista do aparelhamento.

Alexandre de Moraes deverá ser o próximo ministro da Justiça

Secretário de Segurança de São Paulo era cotado para a AGU, mas Michel Temer deve colocá-lo no comando da Justiça.

Alexandre de Moraes

O secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, Alexandre de Moraes, deverá ser escolhido pelo vice-presidente Michel Temer para ocupar o Ministério da Justiça, após o afastamento da presidente Dilma Rousseff do cargo. Moraes era cotado para comandar a Advocacia-Geral da União (AGU) mas a tendência é que Temer o desloque para a Justiça.

Como a Polícia Federal está subordinada ao Ministério da Justiça, caberia a Moraes indicar o novo diretor geral da Instituição, que participa diretamente de investigações importantes como as feitas pela Operação Lava Jato.

Temer tem mostrado interesse no avanço da Lava Jato por saber que se trata de um “seguro” contra a interferência petista que prometeu infernizar seu governo.

Além disso, o cargo aumenta o espaço político do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, dentro da administração Temer, dada a importância da pasta da Justiça.

da Redação OEB
com Estadão conteúdo

Comentários no Facebook