«

»

Além de aparelhar o Estado o PT espionava até a mais alta corte

O PT não só cuidou do aparelhamento do Estado.
A espionagem se estendeu até mesmo ao Supremo Tribunal Federal.
O controle de toda a máquina estatal era necessário, pois tratou-se da maior organização criminosa já listada no poder em toda a história da América Latina, deixando um rombo até hoje ainda não calculado.
O fato de encontrarem uma escuta no gabinete do ministro Luis Roberto Barroso, desencadeou uma investigação que agora se estende por todas as instâncias do Distrito Federal.
A Polícia Federal executa uma varredura e tudo que for encontrado será investigado minuciosamente para apurar os responsáveis.

‘Grampo’ é encontrado em gabinete de ministro do STF

ministro-Luís-Roberto-Barroso O ministro Luís Roberto Barroso

A segurança do Supremo Tribunal Federal encontrou um microfone escondido no escritório do ministro Luís Roberto Barroso, o que será objeto de uma investigação.

O “grampo”, inativo, foi encontrado há um mês durante uma revista de rotina no gabinete do magistrado, embaixo de uma de suas mesas, embora sua existência só tenha sido informada nesta terça-feira.

“Agora é tema da polícia”, limitou-se a dizer um porta-voz do STF à AFP.

Barroso foi o relator do caso que definiu os passos para o julgamento político contra a presidente Dilma Rousseff, afastada do cargo para ser julgada pelo Senado por suposta maquiagem de contas públicas.

Segundo a Agência Brasil, Barroso disse que as eventuais escutas só teriam podido registrar um ambiente de bom humor e muito trabalho no escritório.

da Redação OEB
com Agência AFP

Link permanente para este artigo: http://oestadobrasileiro.com.br/alem-de-aparelhar-o-estado-o-pt-espionava-ate-a-mais-alta-corte/

//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js

Deixe uma resposta